Segunda Chance ManoGelis 29

25 Apr

Era tarde. Talvez passasse da uma hora, ou não. Poderia, também, passar das duas. Manu não sabia. Desde o romântico jantar que Angelis havia preparado em comemoração aos onze meses de noivado não saíra mais do quarto. Aproveitaram o máximo a noite, assim como tinham feito durante o restante da semana.

Com um pequeno sorriso nos lábios, Manu flexionou a perna, deixando-a totalmente exposta, para fora do fino lençol que cobria seu corpo ainda nu. Passeou com dedo na altura da coxa, por cima da marca que a noiva deixara com sua mão. Parecia impossível, mas sentia-se ainda mais apaixonada por aquela mulher. Ela sabia como deixá-la entregue, totalmente insana por seus beijos e caricias. Fechou os olhos, suspirando longamente. Estava exausta.

Aos escutar passos no corredor, tornou a abrir os grandes olhos azuis e logo a viu adentrar o cômodo vestido somente com a camisola transparente. Sem notar mordiscou o lábio, fascinada com a imagem a sua frente.

Angelis parou bem próximo a cama e por alguns instantes apenas a admirou. Toda a lateral esquerda da mesma estava descoberta, fazendo-a soltar um riso safado enquanto jogava a cabeça para trás.

Angelis: Depois resmunga que não quero te largar.

Manu: Cala a boca. – sorriu, a encaixando entre suas pernas.

E foi exatamente isso que Angelis fez.  Levou uma mão até a nuca dela, puxando-a para um demorado beijo. Seus corpos se moldavam com perfeição e Manu adorava sentir o peso de Angelis sobre si.  

Manu: Quem era mais cedo ao telefone? – a olhou diretamente nos olhos, ganhando uma mordida na boca.

Angelis: Minha mãe… – dessa vez a mordiscou no queixo.

Manu: O que foi? Aconteceu alguma coisa? Valentina está bem? – pousou as mãos no ombro dela, apertando-a ali.

Angelis: Nada com o que se preocupar. Ligou pra me dizer que voltam amanhã cedo. Que Vale chorou um pouco na hora de dormir, disse que quer nos duas.

Manu: Já está mesmo na hora dela voltar… Quase uma semana longe. Não pode! – Angelis ergueu a cabeça para encará-la. – Mas temos que aproveitar, né?

Angelis: Aham. – se limitou a resmungar. Roçou o nariz e boca no pescoço dela, fazendo-a se encolher.

 

Aos poucos as mãos dela, que antes estavam paradas na altura da cintura de Manu, começaram a se mover de um jeito bem provocativo e ela foi deixando ser dominada por cada caricia que recebia. Era bom! Era gostoso! Não aguentando parou o beijo e soltou um gemido alto, já que Angelis deslizou a mão pela lateral de seu corpo agarrando seu seio em seguida. Sorridente, Angelis procurou os lábios dela iniciando outro beijo. Soltou mais um pouco de seu peso e sendo assim ela pode sentir sua exitaçao. Isso a fez arquear o quadril em um ato de total entrega. Seus dedos se prenderam na barra da calcinha de Manu, empurrando-a para baixo.

Ao moverem as cabeças, a loira aproveitou para inverter a posição, ficando por cima de Angelis. O beijo teve continuidade ainda com o ritmo desacelerado e ao mesmo tempo intenso. Agora, por ter melhor acesso, as mãos de Angelis passeavam livremente pelo corpo de Manu, tocando-a com firmeza nas costas e quadril.  Levou uma das mãos para a nuca da mesma, por debaixo do cabelo e, dosando a força, puxou a raiz fazendo-a se arrepiar por completo.

Conforme os segundos se passavam, os movimentos ficavam cada vez mais intensos. Angelis ainda estava deitado com Manu por cima, comandando o ritmo da transa. Manu jogou todo cabelo para o lado direito, tampando metade de seu rosto. Para Angelis era maravilhoso ter tal visão dela. Linda, controladora… O desejo era visível em qualquer parte de seu corpo. 

A loira se movia para trás e para frente, de forma lenta e torturante. As mãos de Angelis não deixaram um segundo sequer de estimulá-la, uma estava fixa na coxa apertando, alisando, já a outra brincava com os seios e, às vezes, até mesmo a boca beijava-os com ardor.

Com a boca entreaberta, Manu gemeu baixinho, fazendo Angelis estremecer com tal ato. Não aguentando mais a separação de suas bocas, Angelis a puxou fazendo-a encostar todo o corpo ao seu, pedindo passagem para um beijo com a língua. O beijo que Angelis tanto ansiava estava acontecendo de um jeito envolvente e foi neste mesmo momento em que sentiu o corpo dela se contrair contra o seu. Então, a única explicação dela ter parado de se movimentar era por desejar prolongar o contado.

Pouco tempo depois tudo recomeçou. Manu voltou a erguer o corpo. Angelis tratava de incentivá-la tocando em pontos que sabia que ela era completamente sensível. Ambas já não aguentavam mais e atingiram o climax,aquela estava sendo uma grande e prazerosa manhã. Meia hora depois tornaram a deitar após o banho. Conversaram e trocaram carinhos. Manu falava baixinho enquanto recebia beijos entre pescoço, ombro e colo. Pequenas marcas avermelhadas iam sendo deixadas devido às mordidas e alguns chupões.

 

Manu: Que horas são? – puxou o edredom, cobrindo-as.

Angelis: Quase três. – disse ao largar o celular ao lado do abajur.

Manu: Que tarde! – bocejou, se aconchegando quando Angelis a abraçou. – Pensei que o banho fosse me despertar, grande engano.

Angelis: Ainda bem. Você precisa dormir.

Manu: Vou trabalhar só às dez. – lembrou, já fechando os olhos.

Angelis: Eu sei, mas é a mesma coisa que nada. Vai ser uma briga pra você levantar. – passou a mão pelo braço dela, de baixo para cima.

Manu: Exagerada! – sorriu sem força.

Angelis: Sincera. – depositou um beijo nos lábios dela.

Manu: Queria estar de folga amanhã também. Que inveja de você.

Angelis: Não vou dormir até tarde, vou buscar nossa manina logo cedo pra passar o dia todo com ela. Sabe… Saudade.

Manu: Isso, me faz vontade mesmo.

Angelis: Desculpa. – sorriu. – Vamos ficar te esperando, tudo bem? – ela assentiu. – Boa noite minha Nunuzinha!

Manu: Boa noite, amor.

 Com as respirações descompassadas elas se entrgaram ao sono da forma que mais gostavam,uma nos braços da outra.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: